* Filosofia Pop II

Filosofia Pop II

Certificados para os participantes do Evento

Acesse aqui registros do Evento

Vídeo no YouTube

Página do evento no Facebook

Nos dias 24, 25 e 26 de abril, no auditório do CFH, ocorrerá o Filosofia Pop II. O primeiro encontro aconteceu em outubro de 2011, e o nome na época fora sugerido pela SeCart. Abraçamos a idéia com a intenção de estabelecer uma conexão entre o cotidiano e a formação acadêmica, e não em defesa de uma filosofia simples e rasa. Como disse recentemente Suassuna, “A universidade brasileira ensina de costas para o Brasil e seu povo”. Desejamos assim promover um diálogo entre discentes, docentes e interessados, em torno de questões filosóficas e contemporâneas, ampliando o exercício do pensamento através da formação, mídia, tecnologia e cultura popular.

Cada professor apresentará um tema, que para além de ser o seu proponente, tem também o papel de conduzir o debate. As conversas não se tratam de uma imposição ou busca por uma verdade plena, mas sim por uma erotização dos discursos, gerando movimento, pensamento e um diálogo aberto e rico em suas pontuações e construção.

Entre os convidados, estão os professores Celso Braida, Roberto Wu, Claudia Drucker, Alexandre M. Luz e Maria de Lourdes, do departamento de Filosofia da UFSC. Também conta com a presença do músico, compositor, escritor Alberto Heller, Marcia Tiburi (Mackenzie/SP) e Marcos Carvalho Lopes (UNIRIO).

O encontro é coordenado pelo prof. Roberto Wu, organizado também pela aluna Michelle Belatto e com apoio da SeCult.

 

Local: Auditório do CFH

 

Programação

24 de abril

18h30 – Abertura

______________________________________

19h00 – Marcia Tiburi

A filosofia e seus conteúdos desprezados – fundamentos de uma Filosofia Pop

25 de abril

______________________________________

15h00 – Roberto Wu

Lugares de indeterminação na obra musical

______________________________________

16h30 – Alexandre Meyer Luz

Oss – A Filosofia visita o Dojo

______________________________________

18h30 – Claudia Drucker

“Toda mulher gosta de apanhar?” – A ética amorosa de Nelson Rodrigues

______________________________________

19h45 – Maria de Lourdes Borges

Sobre o terrorismo jurídico

26 de abril

______________________________________

15h00 – Celso Braida

A atual constituição de si por meio da retocável imagem da perfeição técnica

______________________________________

16h30 – Alberto Heller

Clássicos e Pops: a quem (ainda) interessa estabelecer fronteiras

______________________________________

18h30 – Marcos Carvalho Lopes

Sobre ‘índios’, dândis e vampiros: Legião Urbana e Engenheiros do Hawaii como Filosofia

(com intervenção acústico-elétrica)