Darlei Dall’Agnol

Prof. Dr. Darlei Dall’Agnol.  Professor Titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Possui Graduação (1983-1986) e Especialização (1987) em Filosofia pela Universidade de Caxias do Sul (RS) onde também atuou como professor (1987-1993). Cursou Mestrado em Filosofia na UFRGS (1988-1992) e Doutorado em Filosofia na University of Bristol (PhD, 1996-2000), Inglaterra, com trabalhos na área da ética. Fez estágio de pós-doutorado em metaética na University of Michigan in Ann Arbor, US (2006-7), onde iniciou o desenvolvimento de uma nova epistemologia moral, a saber, o cognitivismo prático, e em bioética no Centre for Practical Ethics da University of Oxford, UK (2015-6) onde aplicou-o à questões de ética prática explicitando as implicações de um cuidado respeitoso. Foi chefe dos Departamentos de Filosofia da UCS e da UFSC e Coordenador do Néfipo – Núcleo de Ética e Filosofia Política da UFSC. Atuou também na Coordenação do Pós-Graduação em Filosofia (Mestrado e Doutorado) da UFSC de 2008 a 2012. Fundou e foi o primeiro editor das revistas Conjectura e Ethic@ (QUALIS A2) e, hoje, coordena a Série Ethica pela EdUFSC com 14 volumes publicados em diferentes domínios da ética. É autor de vários livros, artigos e capítulos de livros no Brasil e no exterior, destacando-se, recentemente, os livros “Morality and Life” (Pisa, Itália, 2015), “La ética en Wittgenstein y el problema del relativismo” (València, Espanha, 2016) e “Care and Respect in Bioethics” (Inglaterra, 2016). No primeiro semestre do ano acadêmico 2017-8, apresentou uma série de conferências na Michigan State University sobre “Respectful Care in Bioethics and Neuroethics” com apoio da Fulbright (Exchange Visitor Program -CIES). Desde 2004, é Pesquisador do CNPq (1C) e, atualmente, participa do Consórcio Global de Pesquisa O3: “Our Brain, Our Selves, Our World: an international research consortium on neuroscience, ethics and society.” (2016-2021), liderado pela Professor Ilina Singh, da Oxford University.

Área de Conhecimento: Ética – Filosofia Política – Filosofia da Linguagem. Homepage: www.cfh.ufsc.br/~darlei . Curriculum Lattes. E-mail:

Memorial de Atividades Acadêmicas (2017)

Publicações

* Princípios bioéticos e melhoramento cognitivo. Thaumazein, v. 10, p. 17-28, 2017.

* Respect in Kant?s Tugendlehre and its place in contemporary ethics. Ethic@, v. 16, p. 437-458, 2017.

* Knowing-How to Fulfil One’s Duties. Journal of Clinical Research & Bioethics, v. 08, p. 315-315, 2017.

* Knowing-how to care. Journal of Medical Ethics, medethics-2015-103226-6, 2016.

* Semelhanças de família nos usos de ‘bom’. Ethic@, v. 15, p. 169-230, 2016.

* Ética e Neurociência: uma discussão mundial. Conecthos, v. 6, p. 40-40, 2016.

* Naturalism and realism in Kant?s ethics, de Frederick Raucher (review). Kant e-prints, v. 11, p. 41-43, 2016.

* Practical Cognitivism: Knowing-how to Follow a Moral Rule. WAB archives, v. XXIII, p. 53-55, 2015.

* Expressivismo Realista: Sobre uma Possível Convergência entre Teorias Metaéticas. Dissertatio, v. 39, p. 55-79, 2014.

* Pluralismo razonable sin relativismo ético: respuesta a SanFélix Vidarte. Pasajes (Valencia), v. 42, p. 70-79, 2013.

* Was Kant a Naturalist? Further reflections on Rauscher’s idealist meta-ethics. Studia Kantiana, v. 14, p. 141-158, 2013.

* Por uma nova ética na experimentação científica envolvendo animais não-humanos. Princípios, v. 20, p. 13-33, 2013.

* Disentangling facts and values: an analysis of Putnam’s pragmatic ethics. Principia, v. 17, p. 165-174, 2013.

* Cuidar e Respeitar: atitudes fundamentais na Bioética. Bioethikós (Centro Universitário São Camilo), v. 6, p. 133-146, 2012.

* Observantia et Reverentia: respeitando um kantiano não ortodoxo. Revista de Filosofia: Aurora, v. 24, p. 13-21, 2012.

* Pesquisa e seleção de embriões humanos (Resenha). Pesquisa FAPESP, v. 200, p. 124, 2012.

* Comments on Engelhardt’s ‘Beyond the Principles of Bioethics’. Ethic@, v. 11, p. 33-36, 2012.

* Wittgenstein e o intuicionismo ético: reflexões sobre os fundamentos da Bioética. Sintese. 1974), v. 39, p. 457-478, 2012.

* Filosofia e Bioética no Debate Público Brasileiro. Ideias (UNICAMP), v. 1, p. 95-121, 2012.

* Equilíbrio Reflexivo na Bioética. Dissertatio, v. 34, p. 135-159, 2011.

* A Ética no Segundo Wittgenstein vista a partir de Loparic. Kant e-Prints, v. 5, p. 02-13, 2010.

* Uma análise conceitual do ´cuidado´ e suas implicações éticas. Ethic@, v. 9, p. 29-36, 2010.

* Natural ou Transcendental: sobre o conceito Lebensform em Wittgenstein e suas implicações para a ética. Revista de Filosofia Aurora, v. 21, p. 277-295, 2009.

* Saber-como respeitar e o debate acerca dos fundamentos da bioética. Prima Facie (Faro), v. 4, p. 57-72, 2009.

* Themes from G. E. Moore: New Essays in Epistemology and Ethics (review). Mind (Oxford. Print), v. 118, p. 859-862, 2009.

* Wittgenstein and ethical inquiry: a defense of ethics as clarification (Resenha). Notre Dame Philosophical Reviews, v. 1, p. 1, 2008.

* Filosofia Analítica e Ética: construção moral. Filosofia. Especial (São Paulo), v. II, p. 52-63, 2008.

* Practical Cognitivism. Ethic@, v. 7, p. 323-339, 2008.

* Pressupostos metaéticos e normativos para uma nova Ética Ambiental. Princípios, v. 14, p. 67-82, 2007.

* Crer e Saber: o Absurdo de Moore analisado a partir de Wittgenstein. Dissertatio, v. 26, p. 05-21, 2007.

* Kant and contemporary philosophy in Brasil: problems and perspectives. Kant e-Prints, v. 2, p. 95-98, 2007.

* Proposições fulcrais: as observações de Wittgenstein sobre seguir regras e a semântica transcendental. Kant e-Prints, Campinas, v. 4, p. 1-17, 2006.

* O igualitarismo liberal de Dworkin. Kriterion, Belo Horizonte, v. XLVI, n.111, p. 55-69, 2005.

* O passado da natureza humana?. Ethic@, Florianópolis, v. 4, n.3, p. 321-321, 2005.

* O sentido ético das Investigações Filosóficas de Wittgenstein. Veritas (Porto Alegre), Porto Alegre, v. 50, n.2, p. 33-41, 2005.

* What we cannot say, we can and must speak about. Papers of the 27th International Wittgenstein Symposium, Kirchberg am Wechsel, v. 1, n.1, p. 89-91, 2004.

* Moore´s conceptions of intrinsic value. Ethic@, Florianópolis, v. 2, n.1, p. 59-83, 2003.

* Quine or Wittgenstein: the end of analytic philosophy?. Principia, Florianópolis, v. 7, n.1-2, p. 75-91, 2003.

* Poderia Hare ter sido um Kantiano?. Studia Kantiana, Rio de Janeiro, v. 5, n.1, p. 105-127, 2003.

* Sugestões para escrever um ensaio filosófico. Página Pessoal, 2002.

* Moral Knowledge? New Readings in Moral Epistemology. (Resenha) Principia, Florianópolis, v. 4, n.2, 2000.

* Ética sem prioridades. Dissertatio, Pelotas – RS, v. 9, n.1, p. 1-18, 1999.

* Analytic ethics and the morality of universal respect. Cogito, Bristol – UK, v. 12, n.3, p. 205-210, 1998.

* The rise of Analytic Philosophy (Resenha). Cogito, Bristol – UK, v. 12, n.3, p. 228-229, 1998.

* Antes ou depois da virtude?. Ética e Ciência, Santa Maria – RS, n.12, p. 27-41, 1997.

* Justiça e virtude. Dissertatio (UFPel), Pelotas – RS, v. 6, p. 189-199, 1997.

* Sobre os significados de ‘Justiça’ em Aristóteles. Dissertatio (UFPel), Pelotas – RS, v. 2, n.3, p. 33-49, 1996.

* Órfãos de Utopia (Resenha). Veritas (Porto Alegre), Porto Alegre – RS, v. 41, p. 771-772, 1996.

* Problemas da filosofia kantiana. Chronos (Caxias do Sul), Caxias do Sul, v. 23, n.2, p. 192-201, 1989.

* Sobre a tarefa do pensar. Conjectura (Caxias do Sul), Caxias do Sul, v. 1, n.1, p. 73-84, 1987.

 

Livros publicados/organizados ou edições

* Care and Respect in Bioethics. 1. ed. Newcastle: Cambridge Scholars Publishing, 2016. v. 600. 190p .

* La Ética en Wiittgenstein y el Problema del Relativismo. 1ª. ed. València: Publicacions de la Universitat de València, 2016. v. 2000.

* Morality and Life: Kantian Perspectives in Bioethics. 1ª. ed. Pisa: ETS Edizioni, 2015. v. 750. 206p . (Co-orhanizadora: Milene Tonetto).

* Bioética (Segunda Edição). 2ª. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2015. 61p .

*Valor Intrínseco: Metaética, ética normativa e ética prática em G. E. Moore (Segunda Edição, revista). 2ª. ed. Florianópolis: EdUFSC, 2014. v. 500. 393p .

* Ética: História e Filosofia da Moral. 2ª. ed. Florianópolis: Licenciaturas a Distância Filosofia/EaD/UFSC, 2014. v. 1. 761p .

* Wittgenstein em Retrospectiva. 1ª. ed. Florianópolis: Editora da UFSC, 2012. v. 500. 243p . (Co-organizadores: A. Fatturi, J. Sattler).

* Investigações Kantianas I: um debate plural. 1ª. ed. Florianópolis: FUNJAB, 2012. v. 500. 254p . (Co-organizadores: A. Pinzani, Milene Tonetto)

* Seguir Regras: Uma introdução às Investigações Filosóficas de Wittgenstein. 1. ed. Pelotas: UFPel, 2011. v. 500. 192p .

* Ética II (História da Filosofia Moral Moderna e Contemporânea). 1a. ed. Florianópolis: Filosofia/EaD/UFSC, 2009. v. 1. 188p .

* Wittgenstein no Brasil. 1. ed. Sao Paulo: Escuta, 2008. v. 1000. 336p .

* Ética I (História da Filosofia Moral Antiga e Medieval). 1. ed. Florianópolis: Filosofia/Ead/UFSC, 2008. v. 200. 132p .

* Verdade e Respeito: a filosofia de Ernst Tugendhat. 1. ed. Florianópolis: Edufsc, 2007. v. 1000. 432p .

* Ética e Linguagem – Uma Introdução ao Tractatus de Wittgenstein. 3. ed. Florianóplis/São Leopoldo: Edufsc/Edunisinos, 2005. 224p .

* Valor Intrínseco – Metaética, ética normativa e ética prática em G. E. Moore. Florianópolis: Edufsc, 2005.

* Bioética. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

* Bioética: princípios morais e aplicações. 1ª. ed. Rio de Janeiro: Editora DP&A, 2004. v. 1500. 196p .

* O que você precisa saber sobre Ética. 1ª. ed. Rio Janeiro: DP&A, 2002. (Co-organizadores: Delamar J. V. Dutra e Maria L. Borges)

 

Capítulos de livros publicados

* Respect for Persons: Rawls’ Kantian Principles and Genetic Policies. In: Dall’Agnol, D.; Tonetto, M.C.. (Org.). Morality and Life. 1ªed.Pisa: ETS Edizioni, 2015, v. 1, p. 127-145.

* Pluralismo Razoável Sem Relativismo Ético: Resposta a Sanfélix Vidarte. In: das NEVES, E. F.; Do Carmo j.s.. (Org.). Wittgenstein: Notas sobre Lógica, Conhecimento e Certeza. 1ªed.Pelotas: Editora da UFPEL, 2014, v. 1, p. 37-50.

* Cuidar e Respeitar: atitudes fundamentais na bioética. In: Leo Pessini; Luciana Bertachini; Christian de P. De Barchifontaine. (Org.). Bioética, Cuidado e Humanização. 1ed.São Paulo: Edições Loyola, 2014, v. II, p. 201-236.

* O igualitarismo liberal de Dworkin. In: Roberto Bueno. (Org.). Racionalidade, Justiça e Direito : Ensaios em Filosofia do Direito. 1ªed.Uberlândia: EDUFU, 2013, v. , p. 321-335.

* Cuidado Respeitoso: análise conceitual e possíveis aplicações. In: Zeljko Loparic. (Org.). Winnitcott e a ética do cuidado. 1ed.São Paulo: DWW Editorial, 2013, v. 1, p. 115-132.

* On the Faktum of Reason. In: RAUSCHER, F.; PEREZ, D.O.. (Org.). Kant In Brazil. New York: University of Rochester Press, 2012, v. 10, p. 109-126.

* Certezas Morais. In: João Carlos Salles. (Org.). Certeza. 1ªed.Salvador: Quarteto Editora, 2012, v. , p. 85-105.

* A vida e a obra de Ludwig Wittgenstein. In: Darlei Dall’Agnol; Arturo Fatturi; Janyne Sattler. (Org.). Wittgenstein em Retrospectiva. 1ªed.Florianópolis: Editora da UFSC, 2012, v. 1, p. 9-47.

* Killing or “Letting Die”? Conceptual Analysis and Moral Justification in Neonatal Bioethics.. In: Ivan Domingues. (Org.). Bioechnologies and the Human Condition. 1ªed.Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012, v. , p. 197-209.

* The Idealist Interpretation of Kant’s Meta-Ethics. In: TONETTO, M.C.; PINZANI, A.; DALL’AGNOL, D.. (Org.). Investigações Kantianas I: um debate plural. 1ªed.Florianópolis: FUNJAB, 2012, v. 1, p. 11-29.

* Princípios Bioéticos e a atual Lei Brasileira de Biossegurança. In: DUTRA, L.H.A.; LUZ, A.. (Org.). Linguagem, Ontologia e Ação. Florianópolis: NEL/UFSC, 2011, v. 10, p. 203-211.

* Metaética Darwinista: Do Agnosticismo ao Cognitivismo Prático. In: HOBBUS, J.; SILVEIRA, D. C.. (Org.). Virtudes, Direitos e Democracia. Pelotas: Ed. Universitária UFPEL, 2010, v. , p. 273-291.

* Saber-como deliberar moralmente. In: DIAS, M.C.. (Org.). Filosofia da Mente, Ética e Meta-Ética. Rio de Janeiro: Multifoco, 2010, v. 1, p. 12-28.

* Meio Século de estudos filosóficos no Brasil sobre Wittgenstein. In: Darlei Dall’Agnol. (Org.). Wittgenstein no Brasil. 1ed.Sao Paulo: Escuta, 2008, v. 1, p. 7-33.

* Princípios Bioéticos e o Novo Código Penal. In: Ricardo Timm de Souza, Nythamar Fernandes de Oliveira. (Org.). Fenomenologia Hoje III: Bioetica, Biotecnologia, Biopolitica. 1ed.Porto Alegre: Edipucrs, 2008, v. 1, p. 139-144.

* A trajetória filosófica de Ernst Tugendhat. In: Darlei Dall’Agnol. (Org.). Verdade e Respeito: A Filosofia de Ernst Tugendhat. 1ed.Florianópolis: Edufsc, 2007, v. 1, p. 9-21.

* Jogos morais de linguagem. In: Moreno, A. R.. (Org.). Wittgenstein: etica, estetica, epistemologia. Campinas: Unicamp, 2006, v. 43, p. 59-79.

* As pretensões da linguagem privada: comentários ao texto “Autonomia e responsabilidade na filosofia política de Kant” de Paul Guyer. In: BORGES, M. L.& JOSÉ HECK. (Org.). Kant: Natureza e Liberdade. Florianópolis: Edufsc, 2005, v. , p. 31-36.

* As finalidades éticas do filosofar: uma reflexão a partir das Investigações Filosóficas de Wittgenstein. In: MULLER, M; CENCI, E.M.. (Org.). Ética, Política e Linguagem: confluências. Londrina: Edições CEFIL, 2004, v. , p. 48-60.

* Sobre a conexão entre regras e ações: uma análise do §198 das Investigações Filosóficas de Wittgenstein. In: DI NAPOLI, R.; ROSSATO, N; FABRI, M.. (Org.). Ética & Justiça. Santa Maria: Palloti/CNPq, 2003, v. 1, p. 41-52.

* G. E. Moore. In: Phillip Demateis. (Org.). British Philosophers 1800-2000. New York: The Thompson Gale, 2002, v. 2, p. 155-162.

* Russell´s moral epistemology: from cognitivism to non-cognitivism. In: CUPANI, A., MORTARI, C.. (Org.). Linguagem e Filosofia. Florianópolis: Edufsc, 2002, v. 1, p. -.

* A falácia naturalista. In: DUTRA, D.V.; FRANGIOTTI, M.. (Org.). Argumentos Filosóficos. 1ed.Florianópolis: Edufsc, 2001, v. 5, p. 65-92.

* O naturalismo ético e o argumento da questão aberta. In: CIRNE LIMA, C.R; ZILLES, U.; FELTES, H.. (Org.). Filosofia: Diálogos de Horizontes. Porto Alegre/Caxias do Sul: Educs/Edipuc, 2001, v. , p. 67-79.

* Sobre o faktum da razão. In: PAVIANI, J.; BOMBASSARO, L.C.. (Org.). Lógica e existência: Homenagem a Antonio Carlos Kroeff Soares. Caxias do Sul – RS: Educs – Editora da Universidade de Caxias do Sul, 1997, v. , p. 268-287.