Joel Thiago Klein

Prof. Dr. Joel Thiago Klein

Formação acadêmica:  Graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) 2005; Mestrado em filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), 2008. Doutor em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), 2012. Professor de Filosofia Moderna na Universidade Federal de Santa Catarina desde janeiro de 2018. Editor da Studia Kantiana (revista da Sociedade Kant Brasileira a partir de 08/2015, qualis A2). Membro da Diretoria da Sociedade Kant Brasileira (Gestão 2014-2018). Membro de sustentação do GT Kant da ANPOF. Membro associado do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa. Pesquisador do CNPq. Pesquisador da Alexander von Humboldt Foundation. Dentre as publicações cabe destacar o livro “Kant e a Ideia de uma história universal” (Loyola, 2016) e mais de 30 artigos publicados no Brasil e exterior em revistas como Ethic@, Studia Kantiana, Analytica, Kriterion, Veritas, Discurso, Cadernos de Filosofia Alemã, Dissertatio, Manuscrito, Revista Portuguesa de Filosofia, Revista Latinoamericana de Filosofia e na revista alemã Kant-Studien. Além da pesquisa desenvolvida na filosofia teórica e prática de Immanuel Kant, também trabalha temas de filosofia moderna, epistemologia, democracia, filosofia do direito, filosofia da história e teorias da justiça

Currículo Lattes / Versão em PDF, 2018

E-mail:

 

Publicações

* Democracia, Deliberação e Discussão na Filosofia Política de Rousseau. Revista Portuguesa de Filosofia, v. 73, p. 239-266, 2017. (Co-autoria com Cristina Foroni Consani).

* Considerações críticas acerca do libertarianismo de Nozick à luz da filosofia moral kantiana. Revista latinoamericana de filosofía, v. 43, p. 65-104, 2017.

* A complementaridade entre os aspectos liberais e republicanos na filosofia política de Rousseau. Veritas, v. 62, p. 65-97, 2017.  (Co-autoria com Cristina Foroni Consani).

* Prudência e moral na filosofia política de Kant. Estudos Kantianos, v. 5, p. 159-178, 2017.

* Kants idea of a universal history as an answer to the question of hope. Studia Philosophica Kantiana, v. 1, p. 3-18, 2017.

* A questão da teleologia: Kant leitor de Rousseau. Cadernos de Filosofia Alemã, v. 22, p. 51-70, 2017.

* O Estado republicano democrático e o ensino público da moral segundo Kant. Discurso, v. 46, p. 85-122, 2016.

* O que a ética aristotélica pode nos ensinar acerca das relações de consumo?. Saberes (Natal), v. 13, p. 6-34, 2016.

* Liberdade e religião: reflexões kantianas sobre a não coercitividade, a veracidade e a publicidade na relação entre religião e política. Ethic@, v. 14, p. 222-251, 2016.

* The Highest Good and the Practical Regulative Knowledge in Kants Critique of Practical Reason. Con-Textos Kantianos: International Journal of Philosophy, v. 3, p. 210-230, 2016.

* Reflexão teleológica e o caráter da espécie humana na Antropologia de um Ponto de vista Pragmático. Peri, v. 8, p. 12-44, 2016.

* Os princípios kantianos para uma liberdade republicana de imprensa. Principios, v. 23, p. 207-246, 2016.

* Freedom of the Press: a Kantian Approach. Estudos Kantianos, v. 03, p. 83-92, 2015.

* Considerações críticas acerca da educação cívica na filosofia política de Rousseau. Revista Dissertatio de Filosofia, v. 41, p. 249-291, 2015.

* Sobre o fracasso de toda tentativa filosófica na teodiceia: comentário, tradução e notas. Studia Kantiana (Rio de Janeiro), v. 19, p. 153-176, 2015.

* Condorcet e Kant: a esperança como horizonte do projeto político. Kriterion, v. 55, p. 111-131, 2014. . (Co-autoria com Cristina Foroni Consani).

* A relação entre ética e direito na filosofia política de Kant. Manuscrito, v. 37, p. 161-210, 2014.

* Sobre o significado e a legitimidade transcendental dos conceitos de precisão, interesse, esperança e crença na filosofia kantiana. Veritas, v. 59, p. 143-173, 2014.

* A importância e o significado do princípio da publicidade para a representação político-democrática: reflexões a partir de Kant e Condorcet. Filosofia Unisinos, v. 15, p. 249-262, 2014. . (Co-autoria com Cristina Foroni Consani).

* Kant e a Ideia de uma História Universal no Contexto da Crítica da Razão Pura. Analytica, v. 18, p. 47-81, 2014.

* Kant e a segunda recensão a Herder: comentário, tradução e notas. Studia Kantiana, v. 14, p. 190-214, 2013.

* Die Weltgeschichte im Kontext der Kritik der Urteilskraft. Kant-Studien, v. 104, p. 188-212, 2013.

* A dedução do juízo teleológico na terceira Crítica. Kant e-Prints (Online), v. 8, p. 71-98, 2013.

* Sobre ética e religião em Kant. Principios, v. 20, p. 161-180, 2013.

* A sociabilidade insociável e a antropologia kantiana. Revista de Filosofia Aurora, v. 25, p. 265-285, 2013.

* Kant sobre o progresso na história. Ethic@, v. 12, p. 67-100, 2013.

* Kant e a primeira recensão a Herder: comentário, tradução e notas. Studia Kantiana, v. 13, p. 121-147, 2012.

* As Críticas de Hegel à Teoria Moral de Kant: um debate a partir do parágrafo 135 de ‘Linhas Fundamentais da Filosofia do Direito. Dissertatio (UFPel), v. 34, p. 367-396, 2011.

* Análise dos fundamentos da distinção kantiana entre noumenon e fenômeno. Argumentos: Revista de Filosofia, v. 3, p. 25-35, 2010.

* O conceito kantiano de metafísica dos costumes. Peri, v. 1, p. 57-72, 2009.

* A teoria da democracia de Carl Schmitt. Princípios, v. 16, p. 139-156, 2009.

* A resposta kantiana à pergunta: que é esclarecimento?. Ethic@, v. 8, p. 211-227, 2009.

* Os fundamentos teóricos e práticos da filosofia kantiana da história no ensaio Idéia de uma história universal com um propósito cosmopolita. Studia Kantiana, v. 9, p. 161-186, 2009.

* O conceito de filosofia em Kant. Analytica, v. 13, p. 165-196, 2009. (Co-autoria com Adriano Perin).

* A relação entre educação e moral no horizonte da filosofia da história de Kant. Revista Filosofazer, v. 32, p. 121-134, 2008.

*  O conceito de liberdade prática na Crítica da razão pura. Revista Filosofazer, v. 1, p. 127-136, 2006. (Co-autoria com Édison Martinho da Silva Difante).

 

Livros publicados/organizados ou edições

* A Religião em Questão: Temas de Ética e Filosofia Política. 1. ed. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2017. v. 1. 312p . (Co-organizadores: Cínara M. L. Naha e Antonio B. N. T. Menezes)

* Kant e a Ideia de uma história universal. 1. ed. São Paulo: Loyola, 2016. v. 1. 377p .

* O Sujeito em Questão. 1. ed. Natal: EDUFRN, 2015. v. 1. 345p . (Co-organizadora: Maria Cristina  Longo C. Dias)

* Comentários às obras de Kant: Crítica da razão pura. 1. ed. Florianópolis: NEFIPO, 2012. v. 1. 825p .

 

Capítulos de livros publicados

* Liberdade e Religião: a relação entre religião, política e direito em Kant. In: KLEIN, J.T.; NAHRA, C.; MENEZES, A.B.T.N.. (Org.). A Religião em Questão: Temas de Ética e Filosofia Política. 1ed.Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2017, v. 1, p. 95-128.

* Liberdade e propriedade: o libertarianismo de Robert Nozick à luz da filosofia moral kantiana. In: Yanko Marcius de Alencar Xavier; Cristina Foroni Consani; et. al.. (Org.). O Estado de Direito e a Proteção das Liberdades. 1ed.Curitiba: Prismas, 2017, v. 1, p. 133-183.

* Kant and Public Education for Enhancing Moral Virtue: The Necessary Conditions for Ensuring Enlightened Patriotism. In: Andrea Faggion; Nuria Sanchez Madrid; Alessandro Pinzani. (Org.). Kant and Social Policies. 1ed.Cham/Switzerland: Palgrave Macmillan, 2016, v. 1, p. 149-174.

* Three problems with the theoretical reading of the idea of a universal history in context of the Critique of pure reason. In: Rafael V. Orden Jiménez; Robert Hanna; Robert Louden; Jacinto Rivera de Rosales; Nuria Sánchez Madrid. (Org.). Kant’s Shorter Writings Critical Paths Outside the Critiques. 1ed.Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2016, v. 1, p. 246-265.

* The Use of Metaphor in Kant’s Philosophy of History. In: Kauark-Leite, Patrícia,et al.. (Org.). Kant and the Metaphors of Reason. 1ed.Hildesheim: Georg Olms Verlag, 2015, v. 1, p. 497-514.

* Reflexões Kantianas sobre o significado e a legitimidade da política. In: KLEIN, J. T. / DIAS, M. C. L. C.. (Org.). O Sujeito em Questão. 1ed.Natal: EDUFRN, 2015, v. , p. 267-308.

* Indivíduo e natureza na filosofia kantiana da história. In: Edmilson Menezes. (Org.). Leituras Kantianas. 1ed.Aracajú: Imprensa Oficial do Estado de Sergipe (EDISE), 2014, v. 1, p. 20-36.

*A história da razão pura: uma história filosofante da filosofia. In: Joel Thiago Klein. (Org.). Comentários às obras de Kant: Crítica da razão pura. 1ed.Florianópolis: NEFIPO, 2012, v. 1, p. 779-814.

* As críticas de Hegel à moral kantiana. In: Fleck Amaro ; Ramos Diogo. (Org.). A racionalidade do real: estudos sobre a filosofia hegeliana do direito. Florianópolis: Nefipo, 2011, v. , p. 93-110.

* Considerações em torno da tradução de Bedürfnis na obra kantiana. In: Alessandro Pinzani; Valerio Rohden. (Org.). Crítica da razão tradutora: sobre a dificuldade de traduzir Kant. 1ed.Florianópolis: Nefiponline, 2010, v. , p. 89-108.

*As diferenças entre a história empírica e o projeto kantiano de uma História universal. In: Antônio C. dos Santos; Cecília Pires; Inácio Helfer. (Org.). História e Barbárie. Aracajú: Editora UFS, 2009, v. , p. 167-189.